Siga o GPI nas redes

contato@sistemadeensinogpi.com.br

Como o esporte pode ajudar no desenvolvimento da criança

20230616191127_[fpdl.in]_criancas-da-escola-se-divertindo-na-quadra-de-basquete_107420-58015_medium
Fuzileiros Navais Legenda: Marinha divulga edital de concurso público com 1.680 vagas para fuzileiros navais Foto: Marinha do Brasil / Divulgação

Atividade física é fundamental para o desenvolvimento saudável das crianças. A prática regular de exercícios físicos desde a infância proporciona diversos benefícios, como o fortalecimento dos músculos, dos ossos e do sistema cardiovascular, a melhora da postura e da coordenação motora, além de ajudar na prevenção de doenças como diabetes, obesidade e hipertensão. Outra importância dos exercícios, é o desenvolvimento cognitivo das crianças. Isso contribui para habilidades sociais, como cooperação e o respeito às regras e para a melhora da autoestima e autoconfiança. 

A Educação Física é a área do conhecimento que se dedica ao desenvolvimento da saúde integral das pessoas. Que acontece por meio do desenvolvimento corporal e cognitivo. Era comum que a Educação Física se limitasse ao ambiente escolar. Apenas na década de 1980 que a disciplina conquistou clubes e academias, promovendo atenção para públicos de todas as idades. Por meio de atividades físicas coletivas ou individuais, como jogos e esportes, a Educação Física promove experiências construtivas de convivência, cidadania e consciência corporal. Além, é claro, de estimular um estilo de vida saudável. Através de atividades da Educação Física é possível criar espaços de desenvolvimento crítico, respeito às diferenças, solidariedade e cooperação. Também contribui na promoção, prevenção e reabilitação da saúde física e mental. Sendo assim, o estudo da Educação Física é o ser humano como um todo. Isso é, aspectos emocionais, sociais, cognitivos e, claro, biológicos. Portanto, é uma área que utiliza de outras ciências para abordar o homem e todas as suas complexidades.

“A prática de atividade física para criança permite o desenvolvimento da coordenação motora, estimula o crescimento, ajuda a melhorar a concentração, a autoestima e a interação social, além de fortalecer a musculatura, os ossos, e articulações, ajudando também a diminuir as chances de obesidade e depressão”. Fernando Henrique Bessa, Professor de Educação Física.

Desta forma, é fundamental as crianças serem motivadas pelos seus professores e pais a praticar atividades físicas, seja ela de forma lúdica ou mais estruturada. Nas escolas diversas formas podem auxiliar nesse processo, brincadeiras ao ar livre, jogos coletivos, aulas de danças e artes marciais são exemplos de atividades que podem ser realizadas de forma divertida e que garantem o desenvolvimento cognitivo e físico das crianças. 

O esporte é uma atividade que tem vários benefícios no desenvolvimento das crianças em diversas áreas, como: 

Saúde física – Melhora o condicionamento físico, aumentando sua capacidade cardiovascular, respiratórias e muscular. 

Desenvolvimento motor – A prática esportiva melhora a coordenação motora, equilíbrio, agilidade, força e flexibilidade.   

Socialização – O esporte é uma atividade social, você aprende regras, coletividade, trabalho em equipe, foco e metas. 

Disciplina – O esporte precisa seguir regras ou orientação de um professor, com isso as crianças já aprendem a respeitar aquilo que é pedido e respeitar as regras de um jogo. 

Bem-estar emocional – Ajuda a diminuir o estresse, aumenta a sensação de bem-estar e melhora a qualidade de vida. 

No entanto, é preciso que os pais e responsáveis fiquem atentos às modalidades esportivas que escolhem para seus filhos. É importante que a escolha seja guiada pelos interesses da criança, e não pela busca por resultados imediatos ou pela realização de sonhos dos pais. A pressão pela vitória pode gerar estresse, ansiedade e até mesmo o abandono precoce do esporte.

Além disso, é necessário que as atividades sejam adaptadas à idade da criança e que a prática seja acompanhada por um profissional capacitado. A falta de orientação pode levar a lesões, que podem prejudicar não só a vida esportiva, mas também a saúde geral da criança, o esporte na infância é fundamental para o desenvolvimento saudável e completo da criança. Desde que praticado de forma adequada, é uma forma de educar, de socializar e de desenvolver habilidades físicas e mentais importantes para o crescimento e para a vida adulta.

IBGE: “100 milhões de pessoas com 15 anos ou mais não praticam esporte no Brasil”.

“As escolas têm que debater e estimular através do educador físico com a comunidade escolar, a vivência e a prática regular da atividade física não só dos alunos como a dos pais”. Fernando Henrique Bessa. 

Em resumo, a atividade física é um elemento essencial para a saúde e bem-estar das crianças, garantindo não só o desenvolvimento físico, como também cognitivo e social. É fundamental que pais e responsáveis incentivem e ofereçam suporte para a prática de exercícios físicos desde a infância, a prática esportiva pode ser uma atividade muito benéfica para o desenvolvimento em todas áreas. 

Miguel Vicente

Jornalista

Educação

Olá, caros leitores do nosso Blog GPI! Chegou a época mais encantadora do ano, onde a magia do Natal toma conta de nossos corações e

Leia mais »